Reforço nas fiscalizações é a estratégia da PRF para evitar acidentes durante ‘Operação Semana Santa’ em MT

A ações iniciam nesta quinta (18) e seguem até o próximo domingo (21); O foco é coibir condutas que causam acidentes e o combate à criminalidade.

   A Polícia Rodoviária Federal (PRF) inicia a Operação Semana Santa com reforço do policiamento em todo o Brasil. As atividades começam à 0h do dia 18 de abril e seguem até as 23h59 do dia 21. Nesse período, a PRF terá reforço concentrado no policiamento ostensivo e preventivo em locais e horários de maior incidência de acidentes graves e de criminalidade.

O final de semana prolongado pelo feriado na sexta-feira (19) eleva o fluxo de veículos nas rodovias federais, o que implica em um aumento no risco de acidentes. A estratégia da PRF é oferecer reforço nos trabalhos ostensivos, além de diminuir o fluxo dos veículos de carga em horários de grande circulação. O somatório desses esforços e ações estratégicas é denominado Operação Semana Santa 2019.

Durante os quatro dias de operação, a PRF contará com atividades para conter os acidentes relacionados ao excesso de velocidade, à alcoolemia ao volante, ao uso inadequado do cinto de segurança e da “cadeirinha”, além das ultrapassagens indevidas. Para maior efetividade nas fiscalizações, equipes compostas por policiais do serviço administrativo irão se revezar em apoio às equipes das unidades operacionai

Ações de Educação para o Trânsito também serão implementadas no feriado para conscientização dos motoristas da sua importância para redução de acidentes. O foco da atividade de prevenção será nos comportamentos que geram maior risco de acidentes ou que aumentam a gravidade para os envolvidos em casos de sinistros como o excesso de velocidade, alcoolemia, ultrapassagens indevidas, entre outros.

Restrições de tráfego

A PRF também faz um alerta aos motoristas profissionais: como acontece em todos os feriados prolongados, quando o fluxo de veículos leves aumenta consideravelmente nas rodovias federais, haverá restrição de tráfego para veículos pesados.

A restrição tem o objetivo de aumentar a fluidez do trânsito e diminuir o risco de acidentes nas rodovias de pista simples. Portanto, caminhões bitrens com dimensões excedentes, caminhões cegonhas e de transporte de veículos e cargas paletizadas devem obedecer à restrição e não trafegar nos seguintes dias e horários, em trechos de pista simples das BRs em Mato Grosso:

18/04 (quinta) – das 16h às 22h

19/04 (sexta) – das 6h às 12h

21/04 (domingo) – das 16h às 22h

PRF deflagra “Operação Dia do Índio” nesta quinta (18) em Primavera do Leste/MT

As ações buscam coibir o bloqueio da BR-070 e a cobrança de “pedágio” por indígenas da região.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) dará início, na manhã desta quinta (18), à Operação Dia do Índio. As ações têm como objetivo garantir o direito de ir e vir dos usuários da BR 070, em Primavera do Leste, coibindo o bloqueio da rodovia por parte de indígenas da região para a cobrança ilegal de “pedágio”.

Continue lendo “PRF deflagra “Operação Dia do Índio” nesta quinta (18) em Primavera do Leste/MT”

Operação Lei Seca: nove pessoas detidas durante blitz em Várzea Grande

Nove pessoas foram detidas por embriaguez ao volante em apenas uma hora e meia de abordagens a veículos durante Operação Lei Seca em Várzea Grande. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) participou das ações que tiveram início às 5h45 deste domingo (14) na Avenida Dr. Paraná, no bairro Alameda.

A operação mobilizou agentes de trânsito de vários órgãos e resultou em nove pessoas detidas por embriaguez depois que o etilômetro apontar concentração de álcool superior a 0,34 mg/l, o que é considerado crime pelo CTB. Outros 21 motoristas foram multados, quatro deles por se recusarem a fazer o teste do “bafômetro”.

No total foram realizados 149 testes do etilômetro e foram lavrados 55 autos por infrações diversas. 20 carros e oito motocicletas foram removidos e 17 CNHs e 11 CRLVs recolhidos.

Quem dirige veículo automotor sob influência de álcool comete uma infração gravíssima no valor de quase R$3 mil, perde 7 pontos na CNH e tem o direito de dirigir suspenso por 12 meses.

Além da PRF, participaram dessa 11ª edição da Operação Lei Seca agentes do Detran/MT, Polícia Militar, Polícia Civil e Guarda Municipal de Várzea Grande.